5 dicas de como se preparar para ser pai

Receber a notícia que será papai é muito boa, mas também vem carregada de novas responsabilidades. Se você ainda não sabe como se preparar para ser pai, esse artigo vai te ajudar!

Lembre-se que, mesmo que seja uma gestação gerada pela mulher, no qual o bebê se desenvolve até os 9 meses em sua barriga para então vir ao mundo, o homem também tem o seu papel, pode e deve estar presente durante todas as fases, durante e depois.

É normal não estar preparado para essa nova fase. Mas com a preparação certa, você conseguirá ser um ótimo pai e, com o tempo, tudo ficará mais fácil e natural de fazer.

Como se preparar para ser pai

O primeiro passo é conversar com a mulher para que, juntos, decidam se está na hora de ter um bebê e qual seria o papel de cada um durante o período de tentante, gestação e paternidade.

De acordo com um estudo realizado pelo National Institute of Child Health and Human Development com 344 casais mostrou que 74% dos homens que exageraram nas doses de cafeína prejudicaram as chances de gravidez da sua parceira.

Portanto, não é apenas a mulher, mas o homem também precisa aprender a como se preparar para ser pai e isso vai começar pela saúde do casal. Apesar da idade fértil do homem ser muito mais longa que a da mulher (a partir dos 60 anos, quando os níveis de testosterona diminuem), também é preciso cuidar da saúde. Cuidar da alimentação e da saúde física e mental é essencial.

Após essa fase inicial, está na hora de verificar o que pode ser feito para se preparar para uma nova fase da vida:

  1. Faça o planejamento familiar

O planejamento familiar é muito importante, pois vocês terão a oportunidade de conversar sobre quando é a hora certa para ter o bebê e quantos vocês planejam ter. É claro que nem sempre é possível realizar essa etapa com antecedência.

Pode acontecer de uma gravidez inesperada e então será preciso fazer um planejamento um pouco diferente.

Conversar sobre uma possível reforma para o quartinho do bebê, como farão para organizar a vida financeira, quem ficará responsável pelo quê e como vocês poderão se ajudar para que a gravidez seja muito feliz e saudável. Acompanhar todos os processos (sempre que possível), como consultas, exames e pré-natal faz parte das dicas de como se preparar para ser pai.

  1. Organize as finanças da família

De acordo com o especialista em planejamento financeiro pessoal, Daniel Chiavenat Mazza, o custo médio para criar um filho até que ele seja independente – 23 anos – pode variar muito! Com base em estudos realizados pelo Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (INVENT), um casal da classe

A pode gastar mais de R$ 2 milhões para custear um filho.

Os gastos da classe B podem chegar a R$ 900 mil e da classe C R$ 400 mil.

Tudo isso considerando gastos com educação, viagens, lazer e entretenimento.

A verdade é que não é nada barato, mas aprender como se parar para ser pai, vai tornar essa tarefa mais fácil de ser realizada. E para garantir, o casal pode organizar as finanças e pensar como será possível realizar todas as etapas sem deixar o orçamento estourar.

  1. Como se preparar para ser pai, participando da gestação

Lembre-se que, mesmo que o bebê esteja no ventre da mãe, é sempre possível participar e interagir em todas as fases da gestação. Dar apoio e estar presente são dois grandes passos durante esse preparo. Veja como isso é possível:

Exames do pré-natal: acompanhe a sua esposa durante os exames de pré-natal, porque muitas vezes o pai fornecerá informações importantes para o médico. Além disso, lembre-se que ela se sentirá mais segura e feliz com você ao lado dela.

Comunicação com o bebê: passar a mão na barriga da mãe e conversar com o bebê é uma forma de iniciar o vínculo entre pai e filho. Dentro do útero, o bebê percebe os sons, mudanças de temperatura, luz e movimentos realizados externamente.

Mudança de comportamento da mãe: a gestação promove várias mudanças hormonais, comportamentais, físicas e sexuais na mulher. É fundamental, que o pai mantenha a calma, seja atencioso e acompanhe as mudanças como algo que faz parte desse crescimento.

  1. Esteja presente em casa e participe

Mesmo que você não goste, esteja presente nos momentos quer serão preciso para fazer compras e escolher a cor do quarto do bebê, por exemplo. Esteja presente, mostre-se interessado, dê sua opinião, pois ela também é muito importante.

Ajude a pensar em um nome para o bebê.

E, com relação as tarefas de casa, numa primeira fase será mais fácil para a mulher dividi-las, mas com o avanço da gestação e a barriga crescendo muito, ela precisará de mais tempo de repouso! Portanto, se você quer aprender a como se preparar para ser pai, comece por aí. Afinal de contas, quando a criança nascer, você também terá novas responsabilidades e afazeres.

  1. Entenda sobre puerpério

O corpo da mulher sofre muitas mudanças, desde o início da gravidez, até mesmo após o parto. São cerca de 6 a 8 semanas até que o organismo volte ao que era antes da gravidez. Entretanto, não são apenas mudanças físicas, mas também psicológica.

Portanto, mesmo que você esteja cansado, lembre-se de ter empatia, respeito e paciência com a mulher, pois ela pode estar passando por essa fase.

A recomendação final é que busque por livros e informações sobre cada etapa, desde de antes da gravidez, até mesmo o bebê nascer!

Advertisement