Dicas para Tornar mais Fácil o Voo com Bebês

Sair de casa com bebês é algo muito complicado. É necessário tomar diversos cuidados para não prejudicar o bebê, ainda mais se tiver que viajar com ele de avião.

Viajar de avião já é complicado para os adultos, imagine com crianças pequenas.

Para facilitar o voo com os bebês, aqui vão algumas dicas fundamentais.

Dicas para Viajar com os Bebes

Tente marcar a viagem de avião à noite para ter mais chance de o bebê dormir durante o voo.

Se o trajeto for internacional, veja se a companhia oferece berço para a criança ir bem acomodada.

Peça sempre para despachar o carrinho somente na porta da aeronave.

Algumas companhias aéreas quando são avisadas com antecedência, providenciam alimentação especial infantil para crianças acima de 6 meses.

Não se esqueça de conferir a bagagem de mão antes de sair. Além de todos os itens já comuns como: fraldas, roupas, manta, lenço umedecido, trocador, leve também brinquedos e comidinhas para distraí-lo.

Para evitar que o bebê sinta dores no ouvido na subida e descida do avião, faça com que ele realize movimentos de sucção, que pode ser mamando no peito da mãe, na mamadeira ou na chupeta.

Essas são algumas dicas para que o bebê se sinta confortável em um voo. Entretanto, é importante evitar viagens de qualquer tipo quando o bebê for muito novinho, pois, ele se sentirá mal.

Viagens de Avião com Bebes: Dicas

Na verdade as viagens de avião são muito cansativas, isso quer dizer, que voos nacionais podem ser feitos com os bebês, mas internacionais, o indicado é aguardar que ele cresça um pouco. O ideal é fazer uma viagem internacional de avião com a criança a partir dos 2 anos de idade.

Como já foi dito, os pais devem levar tudo que for necessário para as crianças na bagagem de mão, pois, os bebês precisam de diversas coisas o tempo todo e os pais não podem ficar se levantando para pegar.

Quando a mãe for fazer alguma refeição é indicado que ela peça para seu acompanhante segurar o bebê, assim não deixará o pequeno desconfortável e nem correrá o risco de queimá-lo com a comida.

Outra dica é segurá-lo bem, mas não com força na hora que tiver alguma turbulência no avião, porque os movimentos podem assustar o pequeno, já que as turbulências assustam até os adultos.

Viajar de avião com um bebê, portanto, é uma coisa muito boa, mas que exige diversos cuidados com a saúde e segurança do bebê. Então se tem um filho pequeno e pensa em fazer uma viagem de avião com ele, siga as dicas e boa sorte na sua viagem.

Advertisement