Terça-feira , Dezembro 7 2021
catapora causas sintomas tratamento

Catapora causas, sintomas e tratamento

A catapora (Varicela) é uma doença infeciosa e contagiosa provocada pelo vírus Varicela-Zoster que surge com maior frequência em crianças.

A principal característica dessa doença são as lesões na pele que vêm acompanhadas de coceira.

A catapora é uma doença contagiosa, mas em geral é benigna. Ela aparece mais em crianças e a maior incidência é no fim do inverno e começo da primavera.

A principal característica dessa doença são as lesões cutâneas, ou seja, na pele, que podem se apresentar de várias formas evolutivas como: crostas, pústulas, vesículas, pápulas e máculas que são acompanhadas por coceira.

Em Adolescentes e adultos a doença é mais destacada.

Causas da catapora

catapora causas sintomas tratamento

A catapora é transmitida facilmente para outras pessoas. O contágio ocorre através do contato com o líquido da bolha ou pela tosse, saliva, espirro ou por objetos contaminados pelo vírus.

Quer dizer, contato direto ou com secreções respiratórias.

Indiretamente a doença é transmitida por meio de objetos contaminados com secreções de vesículas e membranas mucosas de pacientes com a infeção.

Raramente a catapora é transmitida através de contato com lesões da pele.

O causador da catapora fica incubado de 4 a 16 dias.

A transmissão acontece de 1 a 2 dias antes do surgimento das lesões da pele e até 6 dias depois, quando todas as lesões estiverem na fase de crostas.

É importante afastar a criança com catapora das outras pessoas por 7 dias, a partir do início do surgimento das manchas vermelhas no corpo.

Sintomas da catapora

Os sintomas da catapora costumam aparecer entre 10 e 21 dias depois do contágio da criança. Os principais sintomas dessa enfermidade são:

Febre baixa;

Perda de apetite;

Dor de cabeça;

Cansaço;

Mal estar;

Manchas vermelhas e bolhas no corpo

No início as bolas aparecem no rosto, tronco ou no couro cabeludo, se espalham e se transformam em pequenas vesículas cheias de um líquido claro.

Em poucos dias o líquido escurece e as bolhas secam e cicatrizam.

Este processo causa muita coceira, que se a pessoa coçar pode infecionar por causa das bactérias das unhas ou de objetos usados para coçar.

Nos primeiros sintomas é preciso procurar um médico para que ele possa orientar o tratamento e ver qual a gravidade da enfermidade. As etapas das manifestações dos sintomas da catapora são:

Período prodrômico

Ele começa com febre baixa, dor de cabeça, falta de apetite e vômito, essa fase pode durar de horas até 3 dias.

Na infância, esses pródromos não costumam acontecer, sendo que o exantema é o primeiro sinal da doença.

Em crianças imunocompetentes, a varicela é benigna, com começo repentino dando febre moderada de até 3 dias, sintomas generalizados sem especificações e erupção cutânea que começa na face, couro cabeludo ou no tronco.

Período exantemático

As lesões surgem em surtos sucessivos de máculas que evoluem para pápulas, crostas, pústulas e vesículas.

Tendem a surgir mais nas regiões cobertas do corpo, podendo aparecer nas vias aéreas superiores, membranas mucosas da boca, parte superior das axilas e couro cabeludo.

Tratamento da doença

No tratamento da catapora são usados analgésicos e antitérmicos para diminuir a dor de cabeça e baixar a febre e anti-histamínicos (antialérgicos) para diminuir a coceira.

Os cuidados de higiene são muito importantes e devem ser feitos apenas com água e sabão.

Para diminuir a coceira, o ideal é fazer compressa de água fria.

As bolhas não podem ser coçadas e as crostas não devem ser retiradas.

A medicação deve ser indicada por um médico, porque o uso de analgésicos e antitérmicos à base de ácido acetilsalecílico é contraindicado e pode causar graves problemas.

Para pessoas que não têm o risco de agravar a varicela, o tratamento é sintomático.

Ocorrendo infeção secundária, o recomendado é o uso de antibióticos, especialmente para combater os estreptococos do grupo A e os estafilococos.

O tratamento específico dessa doença é feito por meio da administração do antiviral aciclovir, indicado para pessoas com risco de agravamento.

Quando aplicado por via endovenosa, nas primeiras 24 horas depois do início dos sintomas, reduz a morbimortalidade em pacientes com o sistema imunológico baixo.

A importância das vacinas em todas as idades

A maioria das doenças podem ser evitadas por vacinas.

Por isso, crianças e adultos de todas as idades devem se vacinar para ficarem imunes a qualquer tipo de enfermidade transmitida por objetos contaminados, ou por meio de tosse, espirro, fala, dentre outros contatos.

As vacinas são eficazes e seguras. Elas são feitas com microrganismos da própria doença que previne. Por exemplo: a vacina contra a catapora contém o vírus da catapora.

Porém, estes microrganismos estão fracos ou mortos, fazendo com que o corpo não desenvolva a doença, mas que fique preparado para combatê-la.

Antes de levar as crianças para vacinar é preciso saber quais as vacinas para cada idade.

Para isso, converse com um profissional da saúde, pois, têm vacinas para idosos, adultos, adolescentes, pré-adolescentes, crianças e recém-nascidos.

 

CONFIRA

Receitas de sopas deliciosas para fortalecer a imunidade

Receitas de sopas deliciosas para fortalecer a imunidade das crianças

O friozinho do inverno é inspirador na hora de pensar em receitas de sopas para …