Tosse em crianças: conheça os tipos, principais causas e o que fazer para tratar

Todo pai e mãe se sente aflito quando percebe que o filho está tossindo sem parar, principalmente quando é aquela tosse noturna que atrapalha o sono infantil. Mas a verdade é que a tosse em crianças não é exatamente uma inimiga.

Trata-se de um mecanismo de defesa natural que ajuda o corpo a expelir o que está causando o problema ou, pelo menos, parte da causa.

Mesmo assim é importante estar atento a outros sintomas que aparecem junto com a tosse, pois eles denunciam que pode haver algum problema de saúde e fica mais fácil saber se é preciso levar a criança ao pediatra ou não.

Principais tipos e causas de tosse em crianças

Antes de qualquer atitude, os pais precisam observar como é a tosse que o seu filho está tendo. Seca, com catarro, chiado no peito ou com falta de ar? Esses detalhes importam muito, assim como os demais sintomas que podem surgir em conjunto.

Tosse produtiva

A tosse produtiva é o tipo que produz catarro, então vai ser aquela tosse com som de que há catarro se soltando das vias aéreas e a criança precisa mesmo expelir.

Esse tipo de tosse em crianças pode ser causado por infecção como a gripe e resfriado, por problema estomacal com refluxo ou ser um sintoma de problemas respiratórios.

Deste último, os mais comuns são a asma, sinusite ou rinorreia posterior, que é quando ocorre a drenagem do líquido do nariz pela garganta.

Tosse seca

A tosse seca nas crianças se caracteriza por um choro com rouquidão e uma tosse que se parece com latido de cachorro. Não tem catarro e ocorre principalmente por uma inflamação nas vias aéreas, que pode ser causada por bactéria ou vírus. Geralmente afeta as crianças menores, de até 3 anos.

Se for apenas uma tosse sem outros sintomas, quando a criança está se curando de gripe ou resfriado, é normal. Mas se os pais perceberem que a criança sente dificuldade para respirar ou tem febre é bom levar ao pediatra para uma investigação.

Dicas de como tratar a tosse em crianças

O tratamento da tosse em crianças vai depender dos outros sintomas que ela apresentar e do histórico de saúde. Por isso que ir ao pediatra é sempre a opção mais segura antes de oferecer qualquer remédio, mesmo que seja natural. Mas existem cuidados básicos que podem ser feitos em casa mesmo antes da consulta ao médico.

Vacinação contra gripe

Para evitar que as crianças fiquem gripadas e impedir que essa gripe se torne um problema prolongado, o Ministério da Saúde lança, anualmente, as campanhas de vacinação contra a gripe.

Para as crianças em idade escolar essa vacina é especialmente importante devido ao grande risco de contrair a doença estando em um ambiente com muitas outras crianças por várias horas do dia.

Procure uma unidade de saúde pública para vacinar seu pequeno.

Alívio da tosse noturna

Tanto nos casos de tosse produtiva quanto seca é comum que piore durante a noite por causa da posição deitada. Nesses casos os pais podem ajudar a aliviar a tosse em crianças com soluções como:

Colocar um sistema de umidificação a frio no quarto;

Colocar meia cebola em um pratinho e deixar no quarto;

Oferecer chá de cebola com mel, tomilho, alecrim ou eucalipto;

Fazer inalação de vapor com água quente e folhas de eucalipto para abrir as vias aéreas;

Tomar um banho morno com vapor no banheiro antes de ir dormir;

Usar um travesseiro levemente inclinado ou colocar toalhas debaixo do colchão na parte da cabeça para levantar um pouco;

Oferecer xarope de mel com limão;

Evitar alimentos lácteos antes de ir dormir porque eles espessam o muco na garganta e aumentam a tosse.

Alimentação reforçada

Os pais sabem que devem oferecer uma rotina alimentar saudável e equilibrada aos seus filhos para que eles cresçam fortes e com uma saúde resistente. A orientação vem dos pediatras, nutricionistas e da Sociedade Brasileira de Pediatria que tem o compromisso de oferecer a informação necessária para ajudar os pais a cuidarem adequadamente da saúde dos filhos.

A alimentação de qualidade tem um papel fundamental em prevenir todos os tipos de doenças, inclusive as que causam a tosse em crianças.

Deve ser uma alimentação bem variada, com pratos coloridos e rica em alimentos naturais, como frutas, legumes, verduras, sementes, grãos e cereais.

A falta de apetite na criança é normal quando ela está com tosse e outros sintomas, então é preciso adaptar a alimentação para quantidades reduzidas e formatos mais fáceis de engolir, principalmente quando a garganta está inflamada.

Beber muita água

Você pode sim oferecer os tradicionais chás para gripe e resfriado ao seu filho, usando as ervas naturais permitidas pelo pediatra, mas o chá não substitui a ingestão de água pura e filtrada ao longo de todo o dia. Além de manter a criança hidratada, a água ajuda a aliviar a tosse seca e não machucar a garganta quando ela surgir. Ajuda também a aliviar a tosse com catarro, acelerando sua cura.

Advertisement